Volume de negócios da Option baixa significativamente

Publicado em 01/09/2010 00:35 em Indústria

O volume de negócios da multinacional belga Option, que produz equipamentos e soluções «wireless» (tecnologias de comunicação sem fios) baixou para pouco mais de um terço na primeira metade de 2010 quando comparado com o mesmo período de 2009, para 30,9 milhões de euros.

No primeiro semestre de 2010, a Option apresentou prejuízos de 20,5 milhões de euros, depois de um ano antes ter registado já resultados negativos de 16,8 milhões de euros.

A companhia queixa-se de um mercado muito difícil devido às «práticas comerciais desleais» de concorrentes chineses e a previsões económicas incertas.

Em comunicado, a companhia belga observa que há pela primeira vez sinais de abrandamento do crescimento da procura de dispositivos de comunicações USB nos mercados maduros, a que se junta a pressão dos preços da concorrência chinesa.

A Option salienta que a Comissão Europeia abriu uma investigação anti dumping quanto às importações de modens WWAN (para redes sem fios) produzidos na China e, em Agosto, a Option apresentou queixa à Comissão Europeia por suspeita de subsidiação de empresas concorrentes.

Paralelamente a estas iniciativas, a companhia belga anuncia que iniciou em 2009 uma transformação industrial que continua em 2010 e prevê apresentar novos equipamentos na área dos modems USB e de câmaras de segurança sobre redes de terceira geração móvel para bancos, governos e empresas e novas soluções de software.

Ainda sem comentários