Presidente da GSMA diz que venda de negócio terminais da Nokia e da Verizon não são bons para a Europa

Publicado em 11/09/2013 23:28 em Geral

O presidente da Associação GSM (GSMA), Franco Bernabe, considerou que as vendas do negócio de telemóveis da finlandesa Nokia à Microsoft e da participação da multinacional britânica Vodafone na Verizon Wireless (EUA) não são boas para o sector europeu de telecomunicações.

Franco Bernabe, também presidente da Telecom Italia, considerou que aqueles negócios não são o que o mercado precisava, embora considere que o CEO da Vodafone fez «um trabalho fantástico», e defendeu que a aquisição da divisão de telemóveis das Nokia pela Microsoft «não ajuda a Europa».

O presidente da GSMA, num discurso no evento 360, defendeu a necessidade de a Europa regressar à liderança da tecnologia móvel de comunicações.

«O negócio da Nokia não ajuda a Europa a ser um campeão. Isto deve ser tido seriamente em consideração pelos decisores políticos», considerou Bernabe.

Ainda sem comentários