Vendas smartphones ultrapassam telefones tradicionais em Portugal

Vendas smartphones ultrapassam telefones tradicionais em PortugalPublicado em 11/09/2013 01:09 em Equipamentos

As vendas de smartphones em Portugal ultrapassaram pela primeira vez no segundo trimestre de 2013 as de telemóveis tradicionais, estima a consultora e analista de mercados IDC.

A consultora indica que as vendas totais de telemóveis no segundo trimestre se situaram em 1,044 milhões de unidades, um recuo homólogo (face ao mesmo período do ano passado) de 3,3%.

Considerando apenas os smartphones, as vendas progrediram 25% no mesmo período, para 570 mil terminais, representando mais de metade (quase 55%) do total.

Francisco Jerónimo, director europeu da IDC, citado em comunicado, prevê que a tendência de aumento do peso dos smartphones nas vendas totais de telemóveis deverá continuar a acentuar-se nos próximos trimestres, com os fabricantes a apostarem em smartphones de baixo preço com sistema operativo Android, ao passo que se reduz o número de novos modelos de telefones tradicionais nas lojas.

A IDC sublinha que no segundo trimestre de 2013 o sistema operativo Android alcançou em Portugal uma quota no mercado de smartphones de 82%, a maior de sempre, devido ao êxito dos modelos da Samsung, LG e Sony.

A consultora destaca que no segundo trimestre a Nokia recuperou a liderança no segmento de telefones tradicionais, ultrapassando a Samsung, devido ao êxito dos seus produtos da gama Asha, vocacionados para a Internet e com funcionalidades de smartphone.

A IDC destaca os crescimentos significativos de vendas da Apple, da LG e da Sony, salientando que o aumento de 80% das vendas da Apple se deve ao acentuar das acções comerciais da marca da maçã no mercado português, o progresso de 274% das vendas da LG se explica por uma carteira coerente de produtos a preços mais competitivos, enquanto o êxito da Sony se deve a uma oferta integrada de produtos e serviços que atrai os operadores móveis e os consumidores.

A Samsung vendeu no segundo trimestre em Portugal 376 mil telemóveis, ficando com uma quota de 36%, seguindo-se a Nokia com 220 mil (quota de 21%) e a LG com 71 mil (quota de 7%, três vezes e meia superior à de período homólogo de 2012).

Nos smartphones, a Samsung lidera, com 187 mil unidades, uma quota de 33% naquele segmento, seguindo-se a LG com 70 mil unidades (quota de 12%) e a Apple com 63 mil unidades (11% do mercado de smartphones).

Ainda sem comentários