Associação para promover discos armazenamento magnético

Associação para promover discos armazenamento magnéticoPublicado em 29/08/2013 23:15 em Geral

A Western Digital (WD) anunciou que em conjunto com mais três fabricantes de discos rígidos formou a «Storage Products Association» (SPA) para promover os méritos das tecnologias de armazenamento suportadas em discos rígidos.

Em comunicado, a companhia sublinha que a SPA «pretende também chamar a atenção de consumidores e profissionais do quanto os discos rígidos (HDD) e as unidades híbridas (SSHD) são críticos para as suas vidas digitais».

«Com a expansão continuada e rápida de produção de conteúdos digitais, espera se que a procura de capacidade de armazenamento cresça 30% ao ano até 2020», prevê o presidente da WD, Tim Leyden, citado no comunicado.

Acrescenta que três quartos dessa capacidade deverão ser fornecidos por dispositivos baseados em discos magnéticos rotativos.

O lançamento do conceito de «ultrabook», da Intel, que implica, além de baixo peso e elevado desempenho, a opção por um arranque quase imediato dos portáteis, fez crescer a procura de «solid state drives» (SSD), muito mais rápidas e mais fiáveis mas com um preço muito superior ao dos discos rígidos. Os SSD são também utilizados nalguns tablet PC.

Os discos SSD têm geralmente com capacidades de armazenamento relativamente reduzidas e, apesar disso, os preços são mais elevados.

Para responder a este problema, a indústria criou os híbridos SSHD («solid state hard drive), que combinam a funcionalidade SSD de arranque rápido com as vantagens dos HDD, que proporcionam capacidades de armazenamento muito superiores.

Além da WD, a associação inclui a Seagate, a Toshiba e a HGST.

Ainda sem comentários