Vendas mundiais de smartphones acima telemóveis tradicionais

Vendas mundiais de smartphones acima telemóveis tradicionaisPublicado em 18/08/2013 01:46 em Indústria

As vendas mundiais de smartphones cresceram 46,5% no segundo trimestre, para 225,33 milhões de unidades, e ultrapassaram as de telemóveis tradicionais, que recuaram 21%, quedando-se em 209,83 milhões, indicou a consultora e analista de mercados Gartner.

No segundo trimestre de 2013 os smartphones representaram 51,8% do mercado global de telemóveis, que cresceu 3,6%, para quase 435,16 milhões de terminais, precisa a consultora.

O crescimento das vendas de smartphones atingiu 74,1% na região Ásia/Pacífico, 55,7% na América Latina e 31,6% na Europa de Leste, indica Anshul Gupta, analista principal da Gartner.

A Samsung reforçou a sua liderança nas vendas de smartphones, colocando 71,38 milhões de terminais, uma quota de mercado de 31,7%, seguindo-se a Apple que, embora com crescimento das vendas, para 31,90 milhões de unidades, perdeu peso no mercado, para 14,2%.

Em terceiro lugar surge a LG Electronics (vendas de 11,47 milhões de unidades, quota de mercado de 5,1%), seguida das chinesas Lenovo (vendas de 10,67 milhões, quota de 4,7%) e ZTE (vendas de 9,69 milhões, quota de 4,3%).

O que significa que a Nokia deixou de figurar no «top 5», onde entre os quatro fabricantes asiáticos, dois sul-coreanos, dois chineses, apenas se intromete a norte americana Apple.

Relativamente aos sistemas operativos, a plataforma Android, do Google, utilizada por várias marcas, equipou 177,90 milhões de smartphones, ficando com uma quota de mercado de 79,0%, um aumento de quase mais 15 pontos percentuais.

O iOS, da Apple, foi utilizado por 31,90 milhões de iPhones e ficou com uma quota de 14,2%, em queda, apesar de a marca da maçã ter aumentado as suas vendas.

A plataforma Windows Phone, da Microsoft, registou um aumento de vendas de 83,4%, para 7,41 milhões de unidades, ficando com uma quota de 3,3% e ultrapassando a BlackBerry, que baixou as suas vendas para 6,18 milhões de terminais e viu o seu peso no mercado recuar 2,5 pontos, para 2,7%.

A Samsung manteve e reforçou a sua liderança nas vendas totais de telemóveis, com 107,53 milhões de telefones vendidos e uma quota de 24,7%, indica a Gartner.

A Nokia manteve igualmente o segundo lugar mas, ao contrário da Samsung, as suas vendas baixaram significativamente, para 60,95 milhões de unidades, e o seu peso no mercado reduziu-se quase 6 pontos, para 14,0%, surgindo em terceiro lugar a Apple, que só concorre nos smartphones, com 31,90 milhões de iPhones vendidos e um reforço da quota, para 7,3%.

No quarto lugar surge a sul-coreana LG Electronics e nas posições seguintes quatro fabricantes chineses (ZTE, Huawei, Lenovo e TCL), que precedem a japonesa Sony Mobile.

Anshul Gupta prevê que a manutenção da tendência de queda de preço dos smartphones deverá reforçar a adopção de telefones inteligentes, cujas vendas continuarão a crescer no segundo semestre de 2013 e a ganhar expressão no mercado.

Ainda sem comentários