Lucros da ZON cresceram 21,6% no primeiro semestre

Publicado em 24/07/2013 00:20 em Geral

O operador de televisão por subscrição e telecomunicações ZON anunciou lucros consolidados de 24,4 milhões de euros no primeiro semestre de 2013, um aumento homólogo de 21,6%.

Em comunicado de resultados hoje publicado no sítio Internet da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a ZON indica que no segundo trimestre os lucros tiveram um aumento homólogo (face ao mesmo período do ano anterior) de 31,3%, para 12,7 milhões de euros.

As receitas da ZON no primeiro semestre caíram para 425,0 milhões de euros, um decréscimo de 0,8%.

O operador anunciou que o número total de clientes baixou 2,7% no primeiro semestre, para 1,54 milhões, mas o número de subscritores com «Triple Play» (televisão, Internet e telefone) cresceu 7,6%, para 786,1 milhares.

Os clientes do serviço «premium» de «Triple Play» IRIS mais do que duplicaram, crescendo 109,7%, para 338,7 milhares, indica a companhia. Observa que só no segundo trimestre de 2013 o serviço IRIS teve um recorde de 54 mil adições líquidas.

A ZON recorda que no segundo trimestre lançou o serviço IRIS 4+, umas oferta «Quadruple Play», que inclui o serviço de telefonia móvel.

Precisa que os clientes de Internet de banda larga fixa aumentaram 7,2% homólogos, para 805,3 milhares, e os de telefone fixo subiram 4,5%, para 989,8 milhares.

A receita média por cliente (ARPU) caiu 40 cêntimos no primeiro semestre, para um valor médio de 34,50 euros (menos 1,0%), que a ZON explica pelo desligamento de canais «premium» (pagos à parte), nomeadamente de desporto.

As 210 salas de cinema da ZOM Multimédia venderam 3,543 milhões de bilhetes no primeiro semestre de 2013, mas a receita média por espectador baixou 4,1%, para 4,6 euros.

A ZON indica que a sua actividade internacional, em África, continua a exceder todas as expectativas, com as receitas consolidadas da ZAP (Angola) a atingirem 36,7 milhões de euros no segundo trimestre de 2013.

Ainda sem comentários