Vendas de PC baixam a dois dígitos, Lenovo líder no II trimestre

Vendas de PC baixam a dois dígitos, Lenovo líder no II trimestrePublicado em 14/07/2013 00:27 em Equipamentos

As vendas de computadores pessoais reduziram-se no segundo trimestre cerca de 11% (10,9% segundo a Gartner, 11,4% de acordo com a IDC) para 76 milhões de unidades (Gartner) ou 75,6 milhões IDC), de acordo com estimativas daquelas analistas de mercado.

As pequenas diferenças de números entre aquelas consultoras especializadas no mercado de tecnologias da informação e comunicações (TIC) serão provavelmente explicáveis por se tratar de números ainda preliminares sobre o segundo trimestre, que terminou há menos de duas semanas.

A Gartner destaca que este foi o quinto trimestre consecutivo de declínio das vendas de computadores no planeta, o mais longo da história daquele mercado, e o segundo trimestre consecutivo de queda a dois dígitos na região EMEA – Europa, Médio Oriente e África, com um recuo de 16,8% no segundo trimestre.

A Gartner indica que os tablets de baixo custo afectaram as vendas de PC nos mercados emergentes, em particular as de mini notebooks.

A IDC considera que também na zona EMEA se verificou uma debilidade da procura de computadores no consumo e que a concorrência dos tablets se repercutiu negativamente no mercado de portáteis.

As duas analistas destacam que o recuo homólogo inferior a 2% do mercado dos Estados Unidos representa uma recuperação face a quedas muito mais acentuadas nos últimos trimestres.

As duas consultoras estimam que o fabricante chinês Lenovo, que há alguns anos adquiriu a divisão de computadores pessoais da IBM, ultrapassou a HP no segundo trimestre e passou a liderar o mercado mundial de PC, com uma quota de 16,7%, um acréscimo de quase 2 pontos percentuais. A IDC indica que o mercado chinês representa mais de metade das vendas da companhia que passou a número um.

A HP, apesar de ter obtido também um aumento de quota de mercado, para 16,3% (Gartner) ou 16,4% (IDC), perdeu o primeiro lugar nas vendas mundiais de PC.

A Gartner sublinha, contudo, que a HP manteve a liderança em mercados importantes como os Estados Unidos (onde a Lenovo surge em quarto lugar), a região EMEA e a América Latina.

Segue-se a Dell na terceira posição, com uma quota de 11,8% (Gartner) ou 12,2% (IDC), também com um aumento do peso no mercado mundial. A Dell foi número dois nos Estados Unidos

Em quarto lugar mundial surge o grupo Acer, que perdeu cerca de um terço das unidades vendidas no segundo trimestre do ano passado e baixou significativamente a sua quota de mercado, para 8,3% (Gartner) ou 8,2% (IDC), aparecendo na quinta posição a ASUS, cujas vendas caíram mais de 20% e com redução da quota de mercado para 6,0% (Gartner) ou 6,1% (IDC)

Ainda sem comentários