Vendas equipamentos de redes móveis caíram 2% no I trimestre

Publicado em 24/06/2013 00:53 em Indústria

As vendas de equipamentos para infra-estruturas de redes móveis caíram 2% homólogos no primeiro trimestre de 2013, para 9,8 mil milhões de dólares (7,5 mil milhões de euros), estima a consultora e analista de mercados Infonetics Research.

A Infonetics salienta, contudo, que as vendas de equipamentos para redes de quarta geração LTE mais do que duplicaram no I trimestre, crescendo 108% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior), para 2,7 mil milhões de dólares (2,1 mil milhões de euros), impulsionadas pelo crescimento daquela tecnologia na América do Norte e na Europa.

A Infonetics prevê que a tecnologia LTE dinamize o investimento em redes móveis nos próximos anos, com um crescimento médio anual acumulado de 16% entre 2012 e 2017.

Apesar deste crescimento do investimento nas redes de quarta geração, a Infonetics antecipa que em 2017 apenas 8% dos 7 mil milhões de assinantes de telefonia móvel sejam subscritores de serviços LTE.

A consultora indica que os BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), depois de uma queda no quarto trimestre de 2012, aumentaram o seu investimento em infra-estrutruras móveis no primeiro trimestre do ano em curso, destacando-se o Brasil, onde os quatro operadores móveis lançaram redes LTE nos três primeiros meses do ano.

A Infonetics indica que a Ericsson continua a dominar as receitas do mercado de infra estruturas para redes móveis, com o dobro da facturação do número dois, a Nokia Siemens Networks (NSN), uma empresa comum da Nokia e da Siemens.

Ainda sem comentários