Vendas de software de segurança cresceram 7,9% em 2012

Publicado em 04/06/2013 00:03 em Software

As vendas mundiais de software de segurança informática aumentaram 7,9% em 2012, atingindo quase 19 136 milhões de dólares (14 641 milhões de euros), revelou a consultora e analista de mercados Gartner.

A Gartner afirma que o aumento das ameaças informáticas e o aumento do BYOD (traga o seu próprio dispositivo móvel) nas empresas explicará a evolução verificada nas receitas.

A Gartner salienta que o mercado de segurança informática progrediu em 2012 devido a uma crescente procura quer de consumidores quer de empresas.

A Symantec (que vende o software de consumo Norton) liderou no ano passado o mercado de segurança informática, com uma quota de 19,6%, e as suas vendas aumentaram 2,0%, para 3 747 milhões de dólares (2 867 milhões de euros).

No entanto, a companhia do sector com maior crescimento de vendas em 2012 foi a McAfee, do grupo Intel, fabricante líder de microprocessadores. As vendas da empresa cresceram 37,0%, para 1 680 milhões de dólares (1 285 milhões de euros), ficando com um peso de 8,8% no mercado, revela a consultora.

A Trend Micro perdeu terreno face a McAfee, com uma queda de receitas de 2,7%, para 1 172 milhões de dólares (897 milhões de euros), mas manteve o terceiro lugar, com uma quota de 6,1%.

Em quarto lugar no ano passado surge a IBM, com uma quota de 5,0% e vendas de 954 milhões de dólares (730 milhões de euros), um crescimento de 2,4%.

Na quinta posição surge a EMC com 718 milhões de dólares (549 milhões de euros) de vendas (mais 0,2%) e um peso de 3,7% neste mercado.

A Gartner destaca a importância do mercado de pequenas e médias empresas (PME), que deve ser uma prioridade para as companhias de segurança informática.

Acrescenta que os requisitos das PME são diferentes dos apresentados pelas grandes empresas e sublinha que os responsáveis desse segmento consideram como alternativa a opção por «Security as a Service», fornecida através da nuvem.

Ainda sem comentários