Lucros da Glintt crescem 7% no I trimestre 2013

Publicado em 28/05/2013 22:47 em Geral

Os lucros da tecnológica portuguesa Glintt (grupo Associação Nacional de Farmácias) cresceram 7% no primeiro trimestre de 2013, para 287 mil euros, anunciou hoje a companhia.

Em comunicado publicado no sítio Internet da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Glintt revela que o seu volume de negócios baixou 10% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior) nos três primeiros meses de 2013, ficando em 20,81 milhões de euros.

A companhia sublinha que o contexto económico e empresarial do mercado português continuou a revelar-se limitador da actividade económica do grupo e indica que a tecnológica mantém a aposta na dinamização do sua actividade no mercado internacional.

A Glintt indica que a fraca procura no mercado português penalizou muito as vendas de equipamentos, que caíram 32%, enquanto as receitas de serviços prestados tiveram uma evolução menos desfavorável, com uma quebra de 3%.

Os resultados operacionais brutos aumentaram 2%, para quase 1,92 milhões de euros, adianta a empresa.

A administração da Glintt indica que no conjunto do ano de 2013 vai continuar a investir na internacionalização, nomeadamente na consolidação e crescimento da actividade de consultoria em Angola e dinamização das filiais em Espanha, Polónia e Brasil.

Acrescenta que vai apostar na expansão para países para países europeus como Bélgica, França, Alemanha, Suíça, Itália e Reino Unido na área de consultoria e/ou soluções para farmácias.

Para o ano de 2013, a Glintt admite que o seu volume de negócios possa baixar até 5% mas espera um maior contributo da actividade internacional para as receitas totais.

Ainda sem comentários