Mercado PC da Europa Ocidental caiu 20,5% no I trimestre

Mercado PC da Europa Ocidental caiu 20,5% no I trimestrePublicado em 27/05/2013 11:22 em Equipamentos

O mercado de computadores pessoais da Europa Ocidental caiu 20,5% no primeiro trimestre de 2013, para 12,3 milhões de unidades, estima a consultora e analista de mercados Gartner.

As vendas de computadores pessoais na Europa Ocidental tiveram no primeiro trimestre a maior queda desde que a consultora começou a coligir aqueles dados, salienta Meike Escherich, analista principal da Gartner.

Acrescenta que a chegada do Windows 8 em Outubro de 2012 não dinamizou as compras de PC e recorda que os computadores de secretária e portáteis tradicionais, sem ecrãs sensíveis ao toque, não aproveitam essas capacidades do mais recente sistema operativo da Microsoft.

A Gartner indica que as vendas de portáteis baixaram 24,6% e as de computadores de secretária caíram 13,8%. As vendas para o mercado profissional recuaram 17,2% e para o mercado de consumo diminuíram 23,7%.

A HP continuou no primeiro trimestre de 2013 a liderar o mercado da Europa Ocidental, mas as suas vendas desceram 31,7%, para 2,424 milhões de máquinas, e a sua quota de mercado baixou 3,2 pontos percentuais, para 19,7%.

A Acer segurou o segundo lugar, com 1,436 milhões de unidades vendidas, uma quebra de 36,8%, mas viu a sua quota de mercado recuar 3 pontos percentuais, para 11,7%.

A Lenovo, cujas vendas cresceram 7,2%, para 1,43 milhões de PC, e cuja quota de mercado progrediu 3 pontos, para 11,6%, conquistou o terceiro lugar, ultrapassando a Dell, e ficou muito próxima da Acer.

As vendas da Dell desceram 14,7%, para 1,214 milhões de computadores, mas a quota de mercado da marca norte-americana aumentou 0,7 pontos percentuais, para 9,9%.

A Apple cresceu 0,8%, para 972 mil unidades vendidas, e o seu peso no mercado da Europa Ocidental progrediu 1,7 pontos, para 7,9%.

Relativamente aos maiores mercados, a Gartner salienta que a Alemanha registou 11 trimestres consecutivos de declínio de vendas de PC e que no primeiro trimestre as suas vendas recuaram 20,0%, para 2,619 milhões de unidades.

A queda de vendas em França foi ainda mais acentuada, de 25,3%, para um total de 2,023 milhões de máquinas, enquanto o Reino Unido registou uma redução de 15,8%, com 2,538 milhões de computadores vendidos nos primeiros três meses do ano em curso.

Ainda sem comentários