Japão adia decisão sobre rede de televisão móvel - Nikkei

Publicado em 21/08/2010 00:10 em Operadores / Serviços

O jornal económico japonês Nikkei afirmou que o ministro das Comunicações do Japão adiou a decisão sobre a escolha da empresa e da tecnologia para a licença da rede de televisão móvel do país, pedindo ao Conselho regulador da rádio um parecer sobre esta matéria.

Os operadores de telecomunicações NTT DoCoMo e KDDI lideram consórcios com standards tecnológicos diferentes.

A decisão das autoridades nipónicas, prevista para meados de Agosto, foi adiada devido a uma sugestão de que os dois consórcios poderiam desenvolver uma solução conjunta, embora haja defensores do licenciamento de ambos para encorajar a competição.

Estava previsto que a rede licenciada estivesse comercialmente disponível em 2012.

O adiamento surge quando internacionalmente se põem dúvidas quanto à viabilidade económica de redes de televisão móveis.

Um relatório recente da consultora Juniper Research destacava os níveis «desapontadores» de adopção dos serviços de televisão no telemóvel existentes e apontava mercados como o japonês em que as redes de televisão móveis poderiam ser viabilizadas económicamente se prestassem um leque mais alargado de serviços móveis.

Ainda sem comentários