150 milhões utilizadores dispositivos navegação por satélite

150 milhões utilizadores dispositivos navegação por satélitePublicado em 23/04/2013 00:19 em Outras Tecnologias

O número de utilizadores de dispositivos de navegação pessoal (PND) ascendia a 150 milhões no fim de 2012, aos quais acrescem 80 milhões de sistemas instalados pelos fabricantes de automóveis, num total de 230 milhões, calcula a consultora e analista de mercados Berg Insight.

A Berg indica que a maioria dos sistemas de navegação por satélite instalados de raiz ou como opcionais em automóveis se encontra nos países desenvolvidos.

Acrescenta que, embora a tendência seja para a instalação de dispositivos de navegação por satélite em mais automóveis à medida que os preços dos dipositivos vão descendo, a sua penetração deverá crescer devagar, dado que a idade média da frota automóvel aumentou para nove anos na Europa Ocidental e nos Estados Unidos e as vendas automóveis caíram.

Aquela analista de mercados destaca que, depois de as vendas de dispositivos de navegação por satélite terem atingido um pico de 40 milhões em 2008 e 2009, têm vindo a decrescer, em particular nos países mais desenvolvidos, e não foram além de 28 milhões de unidades no ano passado.

No entanto, nalguns marcados emergentes as vendas de PND continuaram a crescer.

A Berg prevê que em 2017, as vendas mundiais de PND recuem para 17 milhões de dispositivos.

Neste contexto, verificou-se uma tendência de concentração dos fabricantes de PND e actualmente três marcas líderes (Garmin, TomTom e MiTAC) representam 73% do mercado planetário e 90% das vendas na Europa Ocidental e América do Norte.

A consultora salienta que há também algumas marcas com expressão local ou regional, como a United Navigation na Alemanha, a Prestigio na Europa de Leste e Panasonic no Japão.

A Berg Insight calcula que no fim do ano passado havia 150 milhões de utilizadores activos de aplicações de navegação em smartphones, dado o aumento da base instalada de telefones inteligentes para cerca de 1 200 milhões em todo o mundo.

A Berg destaca que a Apple, Google e Nokia desenvolveram aplicações de navegação próprias, enquanto outros fabricantes de smartphones como a BlackBerry, Samsung, HTC, LG e Sony Mobile cooperam com desenvolvedores de software de navegação como o português NDrive, Appello, Navmi, ROUTE 66 ou TeleCommunication Systems.

Ainda sem comentários