13,4 mil milhões de downloads das quatro principais lojas online de aplicações no primeiro trimestre

Publicado em 12/04/2013 16:23 em Geral

No primeiro trimestre de 2013 verificaram-se 13,5 mil milhões de downloads de aplicações das quatro principais lojas online de aplicações móveis, um acréscimo de 11% face ao trimestre precedente, indicou a consultora e analista de mercados Canalys.

A Canalys revela que monitorizou a Apple’s App Store, a Google Play, a Windows Phone Store e a BlackBerry World em mais de meia centena de países e revela que as receitas totais daquelas lojas online atingiram 2,2 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros) nos três primeiros meses do ano corrente, um acréscimo em cadeia (face ao trimestre anterior) de 9%.

Adam Daum, analista chefe da Canalys, salienta que as aplicações têm um forte impacto na forma como os consumidores usam os terminais móveis e o que esperam dos smartphones e tablets, que personalizam com as aplicações que consideram importantes.

Assinalou que este é um mercado de milhares de milhões de dólares e em crescimento, com cada vez mais consumidores em todo o mundo a comprarem aplicações e uma base instalada cada vez maior de smartphones e tablets.

A Canalys revela que alguns dos crescimentos mais fortes do mercado de downloads ocorrem em mercados emergentes, como a África do Sul, Brasil e Indonésia, mas observa que há também elevados crescimentos em mercados maduros.

Adianta que na América do Norte o número de downloads de aplicações aumentou 6% e as receitas 8%, enquanto na Europa Ocidental as apps importadas da Internet subiram 10% e a facturação 8%.

A Apple App Store representou no primeiro trimestre de 2013 cerca de 74% das receitas de aplicações das quatro principais lojas online, mas a Google Play somou 51% dos downloads, segundo a analista de mercados.

A Canalys observa que a Apple App Store e a Google Play são os pesos pesados no mercado de aplicações móveis online, mas a BlackBerry World e a Windows Phone Store são hoje rivais distantes mas que não podem ser ignorados, segundo Tim Shepherd, analista sénior da Canalys.

Shepherd afirma que a Blackberry e Microsoft têm de continuar proactivamente a trabalhar para ter novas e inovadoras aplicações e colmatar as deficiências nesta área, mas também de aumentar as vendas dos BlackBerry 10 e Windows Phone 8 para aumentarem o seu mercado potencial e as oportunidades que oferecem aos desenvolvedores.

Ainda sem comentários