Lucros da Glint cresceram 18% em 2012

Publicado em 26/03/2013 23:35 em Geral

A tecnológica portuguesa Glintt anunciou hoje que os seus lucros cresceram 18% em 2012, para quase 1,25 milhões de euros, apesar de um reforço das provisões e de um aumento dos encargos financeiros.

Em comunicado publicado no sítio Internet da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a tecnológica do grupo Associação Nacional de Farmácias (ANF) indica que o seu volume de negócios caiu 3,5% no ano passado, para 91,12 milhões de euros, devido à queda de receitas no mercado português.

O aumento do negócio internacional, que passou de um peso de 15% da receitas totais em 2011 para 21% no ano passado, foi insuficiente para compensar a quebra de facturação no mercado interno.

As vendas de produtos e soluções aumentaram 12%, para 22,33 milhões de euros, e as receitas de prestação de serviços caíram 8%, para 68,80 milhões de euros.

Os resultados operacionais brutos progrediram 13%, para quase 8,20 milhões de euros.

A Glintt indica que 2012 foi importante porque permitiu um conjunto de resultados fruto das alterações de estratégia e de gestão efectuadas pela nova Comissão Executiva, que tomou posse em Janeiro de 2011.

Para 2013, a Glintt espera manter a tendência de aumento da actividade internacional, reforço da rentabilidade e gestão rigorosa dos custos não operacionais, o que dependerá, contudo, da evolução da economia da Europa, da qual depende uma parte relevante da internacionalização da tecnológica do grupo ANF.

Ainda sem comentários