Produção de PC em Fevereiro indica abrandamento no I trimestre

Publicado em 20/03/2013 01:30 em Equipamentos

A produção de computadores pessoais em Fevereiro nos principais mercados do mundo aponta para uma desaceleração das vendas de PC, com o crescimento de vendas na China a revelar-se mais fraco do que o esperado, adianta a consultora e analista de mercados IDC.

A IDC indica que o abrandamento na China está em parte ligado ao ano novo chinês, mas reflecte também cortes orçamentais do governo daquele país e a adopção de medidas anti corrupção no Estado mais populoso do mundo.

A IDC prevê que em Março haja alguma recuperação da procura na China, mas insuficiente para compensar a fraqueza de Fevereiro.

Assinala que a China é hoje o maior mercado de PC, representando mais de um quinto (21%) do total mundial.

A consultora assinala que as vendas de computadores estão próximas das previsões anteriores na região Europa, Médio Oriente e África (EMEA), na América latina e na Ásia/Pacífico, enquanto os dados de fornecimentos apontam para um ajustamento em baixa ligeiramente maior do que as previsões.

Loren Loverde, vice-presidente da IDC, diz que as previsões de vendas de computadores apontavam para uma redução de 7,7% no primeiro trimestre de 2013, num mercado ainda em transição para o Windows 8, mas os números de Fevereiro levam a admitir uma quebra a rondar os dois dígitos (próxima de 10%).

A IDC espera nova queda, a um dígito, no segundo trimestre, antes de se iniciar alguma recuperação no segundo semestre de 2013.

Ainda sem comentários