Kaspersky anuncia software segurança grátis e pago para Android

Publicado em 19/03/2013 01:24 em Segurança Informática

A companhia de segurança informática Kaspersky anunciou a disponibilização a partir de hoje, terça-feira, 19 de Março, de versões grátis e pagas para smartphones e para tablets com plataforma Android.

Em comunicados, a empresa russa indica que a versão gratuita para smartphones Android, além da protecção antivírus, inclui funções de detecção de hiperligações (links) suspeitos em mensagens de texto e fincionalidades para ajudar a localizar os telemóveis perdidos ou roubados.

Adianta que a versão paga oferece uma «protecção integral do smartphone», com ferramentas avançadas para combater o malware, bloquear telefonemas não desejados, controlo remoto em caso de perda ou roubo e protecção de dados confidenciais em tempo real.

Também analisa de forma automática todas as novas aplicações e bloqueia as maliciosas e inclui tecnologias de protecção proactivas com base na nuvem.

A versão paga custa 10,95 euros para uma licença para um smartphone por um ano.

O software de segurança para tablets Android tem igualmente uma versão gratuita, com protecção antivírus e de defesa de dados privados em caso de perda ou roubo, e uma versão premium, com protecção completa contra software malicioso e protecção Web, contra «phishing» e links maliciosos.

Inclui, também, software anti-roubo, com uma função alarme que pode ser activada e mantém o smartphone a apitar até que seja introduzido um código, localização de terminais perdidos ou roubados através de GPS, bloqueio remoto do dispositivo e retirada de dados sensíveis do terminal.

Uma licença da versão premium por um ano para um tablet custa 14,95 euros, adianta a companhia.

A Kaspersky assinala que 9% dos proprietários de tablets indicam que o terminal já foi perdido ou roubado e recorda que a crescente popularidade da plataforma Android tornou a no alvo principal do malware para dispositivos móveis.

Actualmente a plataforma Android é visada por 99% de todo o software para dispositivos móveis, precisa.

Ainda sem comentários