Partilha ilegal de música desceu significativamente em 2012

Publicado em 12/03/2013 00:49 em Internet

A partilha ilegal de música desceu significativamente em 2012, com uma quebra de 17% no número de consumidores a usar peer-to-peer (P2P) para fazer downloads de música, revelou a consultora NPD.

A companhia indica que em 2005 se verificou um pico na partilha P2P, quando 20% dos internautas com 13 ou mais anos (33 milhões de pessoas) fizeram download de música usando P2P, mas no ano passado esse número baixou para 21 milhões de pessoas, representando 11% dos utilizadores de Internet.

A NPD revela que o número de ficheiros de música importados ilegalmente da Internet através de P2P diminuiu 26% em 2012 comparando com o ano anterior.

A NPD assinala que 40% dos utilizadores de Internet que faziam downloads ilegais de música afirmaram ter deixado de o fazer ou ter importado menos ficheiros.

A consultora observa que a primeira justificação para isso foi ter aumentado o uso de serviços gratuitos legais de «streaming» de música.

Ainda sem comentários