Fórum discutiu hoje em Lisboa preparação do EuroDIG

Publicado em 30/01/2013 00:38 em Internet

Um fórum internacional discutiu hoje em Lisboa a preparação da reunião anual do Diálogo Europeu de Governação da Internet (EuroDIG), que se vai realizar a 20 e 21 de Junho na capital portuguesa.

Pedro Veiga, presidente da Internet Society Portugal (ISOC Portugal), assinalou que esta reunião, com a presença demais de meia centena de participantes de vários países europeus, discutiu os temas a tratar na reunião de Junho, de entre os 54 temas antecipadamente propostos.

Em Lisboa foi feita a escolha preliminar dos temas que serão aprovados em definitivo numa reunião que decorrerá no final do próximo mês em Paris.

Pedro Veiga revelou ao Falar de Tecnologia que os temas seleccionados em Lisboa incluem a governação global da Internet, a Internet e os Direitos Humanos, a neutralidade da Internet, a protecção dos direitos de propriedade intelectual na Internet, a cibersegurança e o tema «Internet: power to the people».

Em Paris serão escolhidos quais os temas mais importantes, a discutir em sessões plenárias, e quais os temas que serão debatidos nas sessões paralelas.

Pedro Veiga indicou que o ISOC Portugal teve recentemente uma reunião com a Comissão para a Ética, Cidadania e Comunicação para procurar envolver alguns deputados na reunião anual de Lisboa do EuroDIG porque «os temas da Internet não têm sido muito tratados» na Assembleia da República.

Pedro Veiga recordou que o tema da governação da Internet foi lançado pelo antigo secretário-geral da ONU Kofi Annan, que fez aprovar em 2001 na Assembleia Geral da organização a realização da Cimeira Mundial da Sociedade da Informação (WSIS), que decorreu em duas sessões, em 2003 em Genebra e em 2005 em Tunes.

A cimeira de Tunes criou o Fórum de Governação da Internet (IGF), que tem vindo a reunir-se anualmente desde 2006 sob a égide da ONU, envolvendo os diversos actores envolvidos na governação da Internet: governos, indústrias e operadores do sector, comunidades técnica e académica e pessoas individualmente, acrescentou.

Pedro Veiga destacou que a maioria das reuniões do IGF se realizaram em países em desenvolvimento, que têm infra-estruturas mais débeis mas são aqueles que mais poderão ganhar com o desenvolvimento das tecnologias da informação e Internet.

O presidente do ISOC Portugal adiantou que em 2008 foi criado o EuroDIG, que se reúne anualmente desde esse ano, alternadamente no Norte e Sul da Europa.

Na reunião de 2012 em Estocolmo, Portugal foi escolhido para organizar a reunião anual do EuroDIG de 2013.

Ainda sem comentários