Portugueses fariam mais o que gostam se gerissem melhor tarefas

Publicado em 29/01/2013 23:54 em Geral

Um estudo online da Microsoft indica que a maioria dos portugueses acredita que se tivesse melhor organização das suas tarefas ficaria com mais tempo para fazer as coisas de que mais gosta.

O inquérito a seis centenas de pessoas, realizado entre 28 de Dezembro e 4 de Janeiro passado, revela que metade dos que responderam consideram que mais tempo livre para apreciar a vida seria algo sem preço e 46% disseram que a tecnologia é uma boa ajuda para libertar tempo para fazer o que se gosta.

Mais de dois quintos (41%) admitiram que seria possível pouparem uma a duas horas por dia com uma postura mais organizada para fazerem as coisas, designadamente as tarefas domésticas.

O estudo, divulgado pela Microsoft durante a apresentação do pacote de produtividade Office 365 Casa Premium, afirma que os maiores «sorvedores» de tempos livres identificados pelos inquiridos foram a casa e as tarefas domésticas, as compras, cozinhar, a gestão da vida e calendário social e ajudar as crianças a fazer os trabalhos para casa.

No inquérito, 46% dos que responderam disseram que a tecnologia os ajudava a serem mais organizados e a poupar tempo, mas 21% manifestaram que não eram suficientemente conhecedores da tecnologia para o conseguir.

Marcos Santos, gestor da área do Office, e Paulo Calado, gestor de produto, mostraram que o One Note do Office 365 permite criar com facilidade pastas e sub-pastas para arquivar, por exemplo, facturas da electricidade, gás, água ou comunicações, observando que o One Note consegue reconhecer que factura é e arquivá-la na pasta correcta.

As facturas electrónicas podem ser exportadas do Outlook para o One Note de forma intuitiva e o Outlook permite preparar uma viagem, escolher restaurantes para o percurso, assim como consultar mapas relacionados com uma localização inserida numa mensagem electrónica recebida, de acordo com a apresentação daqueles responsáveis da Microsoft.

A Microsoft assinala que com a utilização do Office em dispositivos móveis se pode construir uma lista de compras no One Note, disponível na nuvem, e consultá-la no smartphone quando se está no supermercado e actualizá-la em tempo real.

Acrescenta que o Excel permite ajudar a gerir o orçamento familiar, usando a análise de dados para detectar padrões e tendências nos gastos da família.

Ainda sem comentários