Aplicações pagas devem gerar mais de 57 mil milhões de dólares de 2008 a 2017

Publicado em 29/12/2012 01:30 em Geral

As aplicações para dispositivos móveis pagas deverão gerar receitas superiores a 57 mil milhões de dólares (43 mil milhões de euros) entre 2008 e 2017, calcula a consultora e analista de mercado Strategy Analitics.

Aquela consultora indica que a Apple representou 56% das importações online de aplicações para iPad e que,com o lançamento do iPad mini e o domínio dos iPads no mercado de tablets, deverá manter a liderança nos próximos cinco anos.

No entanto, nos smartphones a Google Play (que fornece aplicações para plataforma Android) representa mais de 45% dos downloads de aplicações.

A Strategy Analitics alerta, contudo, para a tendência de declínio das aplicações pagas e prevê que em 2017 as gratuitas representem mais de 90% do total de aplicações descarregadas.

Neste contexto, o custo médio das aplicações descarregadas (pagas e gratuitas) deverá descer para apenas 8 cêntimos de dólar em 2017, antecipa aquela consultora.

A Strategy Analytics assinala que para os pequenos desenvolvedores as aplicações pagas continuarão a ser uma fonte de receita importante para eles, mas aconselha-os a evoluírem para as aplicações destinadas a tablets para conseguirem preservar no longo prazo o seu modelo de negócio.

Ainda sem comentários