Vendas de telemóveis em Portugal com queda continuada

Publicado em 14/12/2012 00:25 em Equipamentos

As vendas de telemóveis em Portugal caíram 18% homólogos no terceiro trimestre de 2012, para 1,13 milhões de unidades, cifrando-se no pior período de Verão de sempre do mercado de telemóveis no país, indicou a consultora e analista de mercado IDC.

Aquela consultora sublinha que as vendas de telemóveis em Portugal estão em queda há oito trimestres consecutivos.

A IDC estima que as vendas de telemóveis tradicionais caíram 32% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior) e as vendas de smartphones desaceleraram para um crescimento de 21%, com 451 mil unidades vendidas.

A analista de mercado prevê que as vendas de telemóveis em Portugal voltem a cair em comparação homóloga no último trimestre de 2012 e que a tendência negativa se prolongue durante todo o ano de 2013.

A Samsung, apesar de uma queda de vendas de 12%, manteve a liderança do mercado português no terceiro trimestre, com 435 mil telemóveis vendidos, uma quota de 39% do mercado.

A Nokia continuou em segundo lugar com uma quota de 29% do mercado, com vendas de 326 mil telefones móveis, menos 15% do que em período homólogo de 2011.

A TMN vendeu 59 mil telemóveis de marca própria (menos 29% homólogos), representando 5% das vendas do mercado.

Ainda sem comentários