McAfee apresenta «All Access 2013» com funcionalidades novas

McAfee apresenta «All Access 2013» com funcionalidades novasPublicado em 23/11/2012 00:45 em Segurança Informática

A empresa de segurança informática McAfee apresentou hoje o pacote «All Access 2013» para protecção de todos os computadores e dispositivos móveis de um utilizador ou de uma família, com um conjunto de novas funcionalidades.

Em apresentação à imprensa, Marc Vos, gestor sénior de produtos globais da MacAfee, assinalou que o novo pacote de segurança transversal traz um novo assistente de configuração e uma gestão centralizada da segurança de todos os dispositivos.

Inclui o novo «McAfee App Alert», que analisa as aplicações dos smartphones (por enquanto só Android), identifica o acesso desses programas a informação sensível do utilizador e permite desinstalar a App com um clique.

Marc Vos assinalou que ainda não existe protecção para iOS (iPhone e iPad), que deverá estar disponível dentro de algumas semanas e que ficará acessível aos utilizadores deste pacote.

Quanto ao Windows Phone, precisou que a questão está ainda em análise.

O responsável da McAfee indicou que o «All Access 2013» traz um filtro de chamadas SMS que permite, nomeadamente, limitar os números de telefone para onde as crianças podem ligar, o bloqueio de chamadas de números indesejados e a fácil importação de contactos.

Precisou que aquele software de segurança permite também localizar dispositivos móveis extraviados ou roubados, mostrando no «Google Maps onde se encontram, proteger as aplicações e bloquear esses dispositivos.

O «All Access 2013» tem o novo «Site Advisor Social», que faz a classificação de risco (por cores) em sítios das redes sociais, observou.

Também nova é a funcionalidade que faz a detecção proactiva de vulnerabilidades, permite identificar sítios suspeitos pela sua reputação (historial) e que analisa a origem e comportamento de ficheiros, permitindo bloqueá-los se houver dúvidas sobre a sua segurança.

Segundo um estudo da McAfee, os jovens passam em média cinco horas por dia online, 89,5% dos jovens estão no Facebook, quase 45% visitam sites que os pais desaprovam e 70% ocultam dos pais os seus comportamentos online.

O estudo indica que menos de metade (49%) dos pais usam os controlos parentais e 23% dos progenitores não monitorizam os comportamentos online dos seus filhos.

Marc Vos destacou que o comportamento dos consumidores está em mudança, com tendência de existências de um conjunto de dispositivos com acesso à Internet desde computadores, smartphones ou tablets até smart TV e consolas de jogos. Observou que no futuro haverá em cada casa um conjunto de dispositivos electrónicos ligados à rede.

Salientou que o que não muda é o crescimento constante do malware, prevendo que no fim de 2012 as ameaças à segurança de PC atinjam os 100 milhões.

Vos afirmou que 87% dos proprietários de smartphones consultam a Internet ou correio electrónico no dispositivo (68% fazem-no diariamente) e 71% dos consumidores estão preocupados ou muito preocupados com a eventualidade de perderem os dispositivos móveis.

A plataforma Android passou de centenas de ameaças no ano passado para milhares actualmente e no fim do segundo trimestre de 2012 estavam identificadas quase 14 mil ameaças de malware para dispositivos móveis, quase sete vezes mais do que um ano antes, precisou.

Marc Vos recordou que os utilizadores de computadores Mac, da Apple, diziam que não precisavam de software de segurança porque os Mac estavam seguros, mas garantiu que no ano passado meio milhão de Mac foram infectados com software malicioso.

A McAfee apresentou também hoje as versões 2013 do «McAfee AntiVírus Plus» e do «McAfee Internet Security», com versões de uma e três licenças, e do «Total Protection», apenas para três licenças.

As novas versões dos três pacotes clássicos têm um novo interface de utilizador e um desempenho mais rápido, estão certificadas para Windows 8, incluem um novo «scanner» de vulnerabilidades do software dos computadores e incluem o «site adviser social», adiantou Vos.

O responsável da companhia indicou que os pacotes clássicos da McAfee trazem funcionalidades exclusivas para tornar mais seguros os URL (links) que se partilham.

Ainda sem comentários