ZON com crescimento das receitas e lucros

Publicado em 10/11/2012 00:18 em Operadores / Serviços

O operador de televisão por cabo e telecomunicações ZON anunciou um aumento de lucros de 3,9% nos três primeiros trimestres de 2012, para 29,6 milhões de euros.

Em comunicado publicado ao fim da noite de quinta-feira no sítio da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a ZON indica que as suas receitas cresceram 0,7% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior), para 643,9 milhões de euros.

As despesas de capital (CAPEX) baixaram 24,5%, para 82,5 milhões de euros.

O número de subscritores dos serviços ZON cresceu 1,3% nos nove primeiros meses do ano, para 1,574 milhões, e o de clientes com «triple play» (televisão, internet e telefone) subiu 9,1%, para 751,7 milhares.

O número de clientes do serviço triple play topo de gama IRIS quase triplicou (aumento homólogo de 197,1%), atingindo 193 mil subscritores a 30 de Setembro, revela o operador de cabo.

A ZON adianta que o número de clientes de banda larga fixa cresceu 5,7%, para 766,2 mil, e o de voz fixa progrediu 13,8%, para 960,2 milhares.

A receita média por cliente (ARPU) global caiu 3,2% homólogos nos três primeiros trimestres, para 34,7 euros, reflectindo as opções por ofertas de gamas mais baixas e a diminuição de subscrições de canais «premium».

Na ZON Lusomundo, os bilhetes de cinema vendidos diminuíram 10,2%, para 5,82 milhões de Janeiro a Setembro, em parte devido `redução do número de salas de cinema, de 217 para 210 (menos 3,2%), e a receita por espectador situou-se em 4,90 euros.

O operador indica que os pontos de acesso Wi-Fi da rede ZON@FON (meio milhão em Portugal, 7 milhões a nível mundial), de uso gratuito para os clientes ZON, têm registado um aumento de utilização muito significativo, com o total de minutos utilizados a multiplicar-se por 5,7 vezes.

Ainda sem comentários