Infra-estruturas de banda larga induzem crescimento

Publicado em 30/03/2010 12:54 em Geral

Um crescimento de 10 pontos percentuais na penetração da banda larga induz um crescimento do produto interno bruto (PIB) por habitante entre 0,9 e 1,5 pontos percentuais, segundo o estudo «Infra-estruturas de banda larga e crescimento económico», citado pelo instituto de conjuntura alemão Ifo, da Universidade de Munique.



O trabalho, que envolve investigadores do Ifo, assinala que o crescimento económico moderno é conduzido pela inovação e conhecimento e a sua difusão é facilitada pelas infra-estruturas de Internet de banda larga.



Kretschmer, investigador da Universidade de Munique e co-autor do estudo, assinala que a Internet de banda larga e as suas infra-estruturas preenchem muitas características do objectivo da tecnologia de mudar a forma como a actividade económica está organizada.



Ao facilitar o processamento de informação descentralizada e suportar novas formas de trabalho, a banda larga tem um impacto no crescimento diferente do de outras tecnologias e permite novos modelos de negócio, adianta o estudo.



Acrescenta que a banda larga pode melhorar a transparência do mercado, aumentar a produtividade do trabalho e induzir a competição no mercado e o crescimento económico.



O estudo analisa o crescimento de 25 países da OCDE entre 1996 e 2007 e conclui que em 2003 a Alemanha estava 10 pontos percentuais abaixo da penetração da banda larga nos países da OCDE que lideravam este indicador.



Se a Alemanha estivesse em 2003 ao nível da penetração da banda larga nos líderes da OCDE neste indicador, o produto por habitante seria entre 3,7% e 5,9% mais alto, conclui o estudo.

Ainda sem comentários