Anonymous» afirmam que agente do FBI tem dados de mais de 12 milhões de utilizadores de iPhone e iPad

Publicado em 05/09/2012 01:21 em Segurança Informática

O grupo de «hactivistas» designado por «Anonymous» publicou um conjunto de mais de um milhão de «Unique Device Identifiers (UDID) de iPhones e iPad, da Apple, que garante ter roubado de um agente de ciber-segurança do FBI (polícia federal norte americana), indicou a Sophos.

Segundo a empresa produtora de soluções de segurança informática, os piratas dizem que esta é uma pequena parte de uma base de dados com mais de 12 milhões de UDID, que incluía informação pessoal de proprietários de dispositivos móveis da Apple, incluindo nomes completos, números de telefone, endereços e códigos.

«Durante a segunda semana de Março de 2012, um portátil Dell Vostro, usado pelo agente especial supervisor Christopher K Stangle, da Equipa Regional de Ciber Acção do FBI e da Equipa de Resposta do Escritório de Nova Iorque do FBI, foi invadido tirando partido da vulnerabilidade AtomicReferencedArray do Java», afirmam os Anonymous

Os «hactivistas» garantem que durante a intrusão «fizeram download de alguns ficheiros de uma pasta do ambiente de trabalho, entre eles um com a designação “NCFTA_iOS-devices-intel.csv”, que revelou ser uma lista de 12 367 232 equipamentos com plataforma iOS da Apple».

Acrescentam que o ficheiro tinha diversos dados daqueles clientes da Apple, incluindo UDID, nomes de utilizador, nome do dispositivo, tipo de dispositivo, zipcodes, números de telefones, moradas, embora muitos campos de detalhes pessoais apareçam em muitos casos vazios, deixando a lista incompleta.

Os «Anonymous» garantem que nenhum dos outros ficheiros que constavam da pasta mencionavam a lista ou diziam qual a sua finalidade.

O jornal New York Times indica que o FBI nega que a lista tenha sido obtida a partir de um computador de um dos seus agentes, garantindo que «não há qualquer evidência de que um portátil do FBI tenha sido comprometido e de que dados privados respeitantes a UDID da Apple tenham sido expostos».

Ainda sem comentários