Vendas telemóveis caíram 21% em Portugal (II Trimestre)

Vendas telemóveis caíram 21% em Portugal (II Trimestre)Publicado em 05/09/2012 00:04 em Equipamentos

As vendas de telemóveis em Portugal caíram 21% homólogos (face ao mesmo período do ano anterior) no segundo trimestre de 2012, para 1,08 milhões de unidades, estima a consultora e analista de mercado IDC.

Em comunicado de hoje, a IDC sublinha que foram vendidos em média menos 96 mil telefones por mês, a maior queda homóloga de sempre, devida à deterioração da situação económica portuguesa.

A IDC precisa que no segundo trimestre de 2012 foram vendidos 623 mil telemóveis tradicionais, uma redução homóloga de 37%, e 457 mil smartphones, um acréscimo de 37% face ao segundo trimestre de 2011. Os smartphones representaram 42% dos telemóveis vendidos.

A Samsung vendeu 359 mil telemóveis, ficando com 33% do mercado (menos 8 pontos percentuais) mas manteve o primeiro lugar, seguindo-se a Nokia com 311 mil unidades (quota de 29%, um aumento de 5 pontos percentuais).

Em terceiro lugar vêm os telemóveis com a marca de operador Vodafone, com 72 mil unidades e uma quota de 7%.

A IDC assinala que a Samsung perdeu nos telefones tradicionais mas aumentou a quota de mercado na área dos smartphones, dominando a gama alta dos smartphones, onde só tem concorrência significativa do iPhone, da Apple.

Adianta que 74% dos smartphones vendidos em Portugal no segundo trimestre tinham plataforma Android, com vendas de 338 mil terminais com o sistema operativo da Google.

Ainda sem comentários