CE investiga alegadas infracções da IBM a regras anti trust

Publicado em 30/07/2010 17:37 em Geral

A Comissão Europeia (CE) decidiu iniciar investigações contra a IBM por alegada infracção às regras de concorrência, por abuso de posição dominante no mercado dos computadores «mainframe» (computadores de grande porte e elevada capacidade, utilizados por grandes organizações).

Estima-se que a grande maioria dos dados das corporações em todo o mundo esteja residente em «mainframes» e estes computadores de grande porte representaram no ano passado um negócio de 8,5 mil milhões de euros a nível mundial e de 3 mil milhões de euros na zona euro.

Uma das investigações decorre de uma queixa das empresas produtoras de software T3 e Turbo Hercules por alegada dependência entre o hardware IBM e o sistema operativo da IBM para «mainframes».

A segunda investigação é por iniciativa da própria CE por alegado comportamento discriminatório em relação a concorrentes na área da manutenção dos «mainframes».

A abertura de uma investigação não significa que a Comissão Europeia tenha provas contra a empresa mas apenas que a CE considera justificar-se a investigação do caso.

Ainda sem comentários