Lucros da Zon cresceram 41,7% no segundo trimestre

Publicado em 29/07/2010 23:55 em Operadores / Serviços

Os lucros da Zon Multimedia cresceram 41,7% no segundo trimestre de 2010, atingindo 13,6 milhões de euros, mas no conjunto do primeiro semestre ficaram pelos 22,9 milhões de euros, uma quebra de 21,2%, que reflecte o facto de a Zon ter deixado de revender os canais de TV por subscrição da SIC, anunciou a companhia.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Zon indica que o seu volume de negócios cresceu 8,8% no primeiro semestre, para 429,7 milhões de euros, e 9,5% no segundo trimestre, progredindo para 216,2 milhões de euros.

O negócio de TV por subscrição, banda larga e voz representa a fatia de leão das receitas da companhia, com um total de 390,2 milhões de euros no primeiro semestre, um acréscimo de 9,3%.

A Zon salienta que o número de clientes de «triple play» (televisão, Internet e telefone) atingiu os 571,9 milhares em 30 de Junho e representa quase metade (49%) da base total de clientes de cabo da operadora líder de TV por subscrição.

A Zon salienta a sua aposta nos serviços de nova geração, permitiu que 2,8 milhões de lares estejam já aptos a receberem banda larga com velocidades até 200 megabits por segundo (Mbps) e indica que em Julho atingiu os 100 mil subscritores do serviço Zon Fibra.

A receita média por cliente aumentou 6,6% no segundo trimestre, para 35,6 euros.

A Zon considera a oferta de 15 canais em alta definição como um factor diferenciador da sua oferta e salienta que lançou no primeiro trimestre de 2010 o primeiro canal em «True 3D», afirmando que isso a coloca «na vanguarda mundial da inovação em TV».

A companhia indica que o número de clientes de voz fixa da Zon atingiu a 30 de Junho a 692 mil e os subscritores de serviços de telefonia móvel ascendiam a 92,3 milhares, quase o triplo de um ano antes.

A Zon Multimedia adianta que teve em 2010 o melhor primeiro semestre de sempre no negócio de exibição cinematográfica e subiu a sua quota de mercado neste segmento para 53,7%.

Ainda sem comentários