Comissão Europeia abre novo procedimento contra Microsoft

Publicado em 19/07/2012 01:23 em Internet

A Comissão Europeia (CE) anunciou a abertura de um novo procedimento «antitrust» (por violação da concorrência) contra a Microsoft, alegando que a companhia não cumpriu o acordo de há três anos para facilitar aos utilizadores do Windows a escolha de navegadores Internet.

Segundo o jornal New York Times, a gigante norte-americana do software já reagiu, garantindo que se tratou de um «problema técnico», e pediu desculpas pela falha.

No entanto, o comissário europeu Joaquin Almunia afirmou que «as infracções estão confirmadas, haverá sanções».

O comissário da concorrência destacou a gravidade de a Microsoft não cumprir o compromisso assumido em 2009 com a CE e que vigora até 2014. A Microsoft ofereceu-se para prolongar o compromisso por 15 meses para compensar a falha.

A multa pode potencialmente atingir 10% do volume de negócios anual da companhia.

A Microsoft garante que se tratou de um «problema técnico» que terá afectado 28 milhões de computadores pessoais que correm o sistema operativo Windows 7 SP1 (Service Pack 1).

Responsáveis da CE defendem a necessidade de a Comissão monitorizar mais de perto o cumprimento de compromissos de multinacionais para garantirem práticas favoráveis à concorrência, de acordo com o jornal norte-americano.

Ainda sem comentários