AEG lança primeiro terminal «transformer do mercado»

AEG lança primeiro terminal «transformer do mercado»Publicado em 29/06/2012 00:29 em Equipamentos

A empresa portuguesa AEG Telecomunicações apresentou hoje o primeiro modelo «dual SIM» do mercado português com capacidade de transformação num modelo mais pequeno, sem teclado real.

António Arnaut, director de marketing da AEG Telecomunicações, salientou que o AEG BTX 330 Transformer é um terminal com ecrã sensível ao toque que vem com um teclado normal real mas que, mudando a capa, se transforma num dispositivo significativamente mais pequeno e leve apenas com teclado virtual, no ecrã.

Salientou que a troca de capas se pode fazer muito facilmente e sem desligar o telemóvel.

O director de marketing salientou que este modelo exclusivo da AEG, tem tecnologia GSM, um ecrã de 2,6 polegadas sensível ao toque, traz uma câmara de 1,3 megapíxel, suporta cartões microSD com capacidade até 4 gigabytes (Gb), tem rádio FM e leitor de MP3 e vem com um preço recomendado de 119,90 euros.

A AEG Telecomunicações, uma empresa controlada por capital nacional na sequência da reestruturação do grupo alemão AEG em 1997, facturou em 2011 cerca der 3,26 milhões de euros, adiantou António Arnaut.

O director de marketing assinalou que a aposta da companhia, se centra em segmentos de nicho, nomeadamente nos terminais «dual SIM« (que funcionam com dois cartões SIM diferentes) e em telemóveis para o segmento sénior (mais idosos).

António Arnaut indicou que a AEG telecomunicações, que tem a concepção e desenvolvimento dos telefones em Portugal mas que encomenda o seu fabrico na Ásia, tem a diferenciação de olhar para o mercado nacional e perceber o que os portugueses querem.

Indicou que a empresa tem uma quota de 4% nos telemóveis livres de operador e detém o terceiro lugar no segmento «dual SIM», com uma quota de 11% do mercado, apenas atrás da Nokia e da Samsung, sendo este o segmento dos telemóveis livres de operador que mais cresce.

Reconheceu que a entrada da Nokia no segmento «dual SIM», com produtos de baixo preço, afectou o mercado e levou a uma redução de preços.

António Arnaut indicou que nos telefones fixos, outra área de negócio da AEG, o objectivo da companhia é alcançar o segundo lugar no mercado, nomeadamente com o lançamento previsto para a quadra de Natal de novos telefones com design inovador.

Ainda sem comentários