Toshiba aposta nos «ultrabooks» diversificando oferta

Toshiba aposta nos «ultrabooks» diversificando ofertaPublicado em 20/06/2012 23:52 em Equipamentos

A Toshiba está a apostar nos «ultrabooks» e em diversificar e alargar a mais segmentos a oferta deste tipo de portáteis, anunciou hoje Jorge Borges, director de marketing da marca em Portugal.

Em apresentação à imprensa das novas linhas de portáteis profissionais e para a área do consumo da Toshiba, que estarão nas lojas em Julho, Jorge Borges salientou que a marca lança em Julho o Portégé Z930, o portátil de 13,3 polegadas mais leve do mundo (1,12 quilos) e o primeiro ultrabook profissional do mercado a integrar processadores de terceira geração da família Intel Core vPro.

Aquele director da Toshiba Portugal assinalou que a marca lança também um modelo de «ultrabook» fora do segmento premium, para potenciar as vendas daquele tipo de portáteis.

O «ultrabook» é um conceito lançado pela Intel, quer integra portáteis ultra-finos e ultra-leves, com elevada capacidade de processamento, superior performance e baixo consumo de energia.

Jorge Borges assinalou que há muita apetência no mercado por «ultrabooks», cujas vendas apresentam um ritmo de crescimento elevado.

Entre os modelos hoje apresentados está o Satellite U840, um ultrabook destinado ao mercado de consumo, e o Satellite U840W, destinado ao mercado de entretenimento e que é o primeiro portátil do mundo com ecrã panorâmico 21:9, indicaram.

Os responsáveis da Toshiba destacaram que todos os ultrabooks da marca que agora chegarão ao mercado vêm com a tecnologia da Intel Wireless Display (WiDi), que permite uma ligação vídeo semelhante à dos cabos HDMI mas sem fios a distâncias até 100 metros, e trazem tecnologia de arranque rápido, baseada em discos SSD – Solid State Drive.

Nuno Ramos, responsável de produto da gama profissional, indicou que os Portégé Z930 equipados com processadores vPro incluem o «Trusted Platform Module» e um leitor de impressões digitais que permite a autenticação através do dedo.

Indicou que os novos portáteis da nova série Portegé 900 trazem as tecnologias WiDi e a «High Speed Start», que permite um arranque do computador 50% mais rápido.

Ainda sem comentários