Vendas de telemóveis em Portugal caíram 15% no primeiro trimestre

Publicado em 18/06/2012 15:48 em Indústria

As vendas de telemóveis em Portugal caíram 15% homólogos no primeiro trimestre de 2012, para 967 mil unidades, revelou a consultora e analista de mercado de tecnologias IDC.

Em comunicado, a IDC Portugal revela que nos três primeiros meses do ano em curso foram vendidos 660 mil telefones tradicionais, uma redução homóloga (face ao mesmo período do ano passado) de 28%, enquanto as vendas de smartphones subiram 40%, para 307 mil terminais.

No entanto, a IDC assinala que a descida foi menor do que o inicialmente previsto porque muitos consumidores não conseguiram concretizar a compra do telemóvel na altura do Natal, o que deslocou a intenção de compra para as primeiras semanas de Janeiro.

Aquela consultora observa que as vendas de smartphones no mercado português continuam a ser dominadas por terminais de baixa gama com o sistema operativo Android, da Google.

Acrescenta que o mercado nacional se caracteriza por uma polarização cada vez mais acentuada em torno de duas marcas, a Samsung e a Nokia, que em conjunto representaram próximo de dois terços do mercado. Destaca que os pequenos fabricantes terão dificuldade em sobreviver num mercado dominado pela gama baixa, cujas margens de lucro são necessariamente reduzidas.

A IDC sublinha que as vendas de terminais de gama alta são insignificantes e não libertam margens suficientes para um investimento significativo em acções de marketing, o que leva a IDC a estimar um contínuo desinvestimento dos fabricantes de telemóveis de gama alta no mercado português e a concentrarem as suas operações em Espanha.

A IDC espera que nos próximos trimestres, além da marca própria de operador Vodafone, a Huawei e a ZTE figurem já no ranking de mercado português.

A IDC indica que no primeiro trimestre de 2012 a Samsung vendeu 321 mil telemóveis em Portugal (menos 12% homólogos), ficando com 33,2% de quota de mercado.

A Nokia colocou 318 mil (menos 27%) e recuou para 32,9% de peso no mercado nacional, cedendo o primeiro lugar à Samsung.

No ranking da IDC figura com alguma expressão apenas a marca de operador Vodafone, que vendeu 65 mil terminais (menos 19%) e ficou com 6,7% do mercado.

Ainda sem comentários