Mercado de leitores de MP3 está em retracção na UE

Publicado em 21/07/2010 23:24 em Equipamentos

O mercado de leitores de MP3 está em retracção na União Europeia (UE) e o Observatório Europeu de Tecnologias da Informação (EITO) prevê que as vendas daqueles dispositivos na UE desçam este ano 14%, tanto em número de unidades vendidas como em volume de negócios.

O EITO prevê que este ano se vendam na Europa 28,6 milhões de leitores de MP3, representando um volume de receitas de 2,6 mil milhões de euros.

Bruno Lamborghini, presidente do EITO, citado em comunicado, assinala que os leitores do MP3 são «o exemplo perfeito de como o mercado de produtos de alta tecnologia pode mudar rapidamente».

O EITO explica que o declínio das vendas de leitores de MP3 está relacionada com a rápida convergência na área dos dispositivos móveis e o número crescente de terminais que lêem ficheiros em formato MP3, como telemóveis, dispositivos de navegação GPS ou auto-rádios.

O EITO prevê que a queda de vendas de leitores de MP3 continue em 2011 mas sublinha que apesar disso estes dispositivos continuarão a ter uma posição relevante no mercado de consumo.

Recorda que o pico de vendas de leitores de MP3 foi atingido em 2007, com 43,5 milhões de unidades vendidas, que geraram receitas de 3,8 mil milhões de euros.

Entre os grandes mercados, as vendas deverão baixar este ano no Reino Unido 22% em valor e 20% em volume, para 5,5 milhões de unidades, na Alemanha 21% em facturação e 15% em unidades vendidas (5,7 milhões), na França 17% em receitas e 16% em número de unidades (3,7 milhões) e na Itália decréscimos de 11% em valor e unidades (2,3 milhões), enquanto em Espanha a queda será menor, de 6% em valor e 8% em terminais (2,3 milhões).

O êxito do MP3 deve-se a ser uma tecnologia que comprime os dados e permite armazenar num mesmo dispositivo uma maior quantidade de músicas sem perda sensível de qualidade.

Ainda sem comentários