Nokia revê em baixa estimativas para primeiro trimestre

Publicado em 15/04/2012 02:36 em Indústria

A fabricante líder de telemóveis finlandesa Nokia reviu em baixa as suas estimativas para o primeiro trimestre de 2012, indicando que naquele período múltiplos factores afectaram negativamente, mais do que o previsto, a actividade da multinacional.

Em comunicado, a Nokia cita entre esses factores a dinâmica de concorrência na indústria, que afectou negativamente as vendas de telemóveis tradicionais e smartphones, particularmente na Índia, Médio Oriente, África e China, e a redução de margens de negócio, em particular no segmento de smartphones.

A Nokia estima agora uma margem operacional negativa, de menos 3%, quando anteriormente previa que fosse equilibrada, com um desvio de mais ou menos 2%.

Para o segundo trimestre, a Nokia admite que a margem operacional se mantenha idêntica à dos três primeiros meses ou que seja inferior, previsão que reflecte a concorrência, o timing e a procura de novos produtos e o ambiente macroeconómico desfavorável.

Stephen Elop, presidente e CEO da Nokia, citado em comunicado, garante que a companhia vai continuar a investir na linha Nokia Lumia, baseada em Windows Phone, para conseguir ter êxito no mercado de smartphones.

A Nokia estima que o volume de vendas no primeiro trimestre se tenha situado em 4,2 mil milhões de euros, com facturação de 2,3 mil milhões de euros nos telefones tradicionais, correspondentes à colocação de 71 milhões de unidades, e receitas de 1,7 mil milhões de euros nos smartphones, com 12 milhões de terminais inteligentes vendidos.

A Nokia indica que vendeu no primeiro trimestre mais de 2 milhões de Lumia, modelo lançado no final de 2011, a um preço médio de 200 euros.

A Nokia diz que vai continuar a focar-se na aceleração das vendas do Nokia Lumia e a investir nesse modelo para chegar a mais consumidores e mais mercados, vai cortar custos e vai apostar em novos modelos e em acções ao nível dos preços nos telefones tradicionais.

A Nokia Portugal anunciou, entretanto o concurso «Nokia Gamelopers» para estudantes universitários portugueses, que são desafiados a desenvolveram aplicações para Windows Phone, Symbian Qt e aplicações Web em Java.

Indica que os que desenvolverem as duas melhores aplicações para Symbian Qt ganham um estágio profissional numa empresa de desenvolvimento de software.

A Nokia anunciou, ainda, que haverá outros prémios, como smartphones da marca.

Empresas e particulares não universitários poderão participar no concurso, mas apenas no desenvolvimento para Symbian Qt.

As informações e registo para o concurso estão disponíveis em www.gamelopers.com.pt .

A Nokia Portugal revelou que quatro jogos estão à venda na Nokia Loja de Aplicações por um preço promocional de 1 euro cada, preço que vigora até dia 27 do mês em curso.

Ainda sem comentários