Despesa em TI nos mercados emergentes deve ascender a 1,22 biliões de dólares em 2012

Publicado em 10/04/2012 01:44 em Geral

A despesa dos mercados emergentes em tecnologias da informação (TI) deverá ascender em 2012 a cerca de 1,22 biliões de dólares (930 mil milhões de euros), indica a consultora e analista de mercado Gartner.

O relatório indica que os países em desenvolvimento da Ásia/Pacífico, América Latina, Médio Oriente e África e Europa Central e de Leste continuam a apresentar uma tendência positiva, apesar da desaceleração económica e grande incerteza financeira nos países desenvolvidos.

O Brasil, Rússia, Índia, México e China continuam a ter uma performance muito forte e nesses cinco países deverá estar concentrada mais de metade da despesa dos mercados emergentes em tecnologias da informação, indica Luis Anavitarte, vice presidente da Gartner.

Acrescenta que aqueles cinco Estados concentrarão 658 mil milhões de dólares (502 mil milhões de euros) de despesas em TI no ano em curso e os seus mercados continuarão longe da saturação.

As despesas de TI no Médio Oriente e África deverão ascender este ano a 244 mil milhões de dólares (186 mil milhões de euros), com a Arábia Saudita, Turquia e África do Sul a justificarem quase 35% daquele total.

A Europa Central e de Leste deverão gastar 158 mil milhões de dólares (121 mil milhões de euros) em tecnologias de informação, representando a Rússia próximo de 45% desse montante.

Os países emergentes da Ásia/Pacífico deverão dispender 496 mil milhões de dólares (378 mil milhões de euros) em TI e a América Latina 326 mil milhões de dólares (249 mil milhões de euros).

Os mercados profissionais representarã 48,4% da despesa em TI na América Latina, 38% no Médio Oriente e África, 48,2% na Europa Central e de Leste e 42% na Ásia/Pacífico.

Ainda sem comentários