NSN e sindicato IG Metall chegam a acordo sobre reestruturação

Publicado em 27/03/2012 14:03 em Indústria

A Nokia Siemens Networks (NSN), fabricante de equipamentos e soluções para redes de telecomunicações, e o sindicato alemão IG Mettal, um dos maiores sindicatos daquele país, chegaram a um princípio acordo sobre o plano de reestruturação da companhia.

Em comunicado, a NSN indica que o acordo prevê a manutenção de cerca de 2 mil empregos em Munique, embora a empresa comum da Nokia e da Siemens mantenha a intenção de fechar a fábrica de St-Martin-Strasse, que emprega 3 600 pessoas.

A NSN indica que aceita a proposta do IG Metall se uma significativa maioria dos 1 600 postos de trabalho a reduzir em Munique aceitarem juntar-se a uma companhia de emprego temporário antes do fim de Abril de 2012.

Acrescenta que esta nova organização forneceria apoio e formação aos trabalhadores para empregos fora da NSN durante um prazo de dois anos.

O plano de reestruturação da NSN anunciado em Novembro passado previa a redução de 17 mil postos de trabalho a nível mundial, dos quais 2 900 na Alemanha, e a concentração da actividade na Alemanha em cinco locais, um dos quais Munique.

A companhia emprega 9 100 pessoas na Alemanha.

Ainda sem comentários