Portugal com 41.500 clientes de fibra óptica em Dezembro de 2009

Publicado em 30/03/2010 12:51 em Destaques

Portugal tinha em Dezembro do ano passado 41 500 clientes de fibra óptica, o que significa que apenas 3,6% das 1,15 milhões de casas com acesso a esta tecnologia tinha aderido ao serviço, segundo dados divulgados pelo FTTH (Fiber to the Home) Council Europe.



Os dados do FTTH Council Europe, a que o «Falar de Tecnologias» teve acesso, indicam que há em Portugal 1,8 milhôes de casas abrangidas por FTTN (fibra óptica até ao nó de acesso).



As estatísticas disponibilizadas por aquele organismo europeu revelam que Portugal passou de 500 subscritores de acesso em fibra óptica FTTH em Dezembro de 2007, para 14 500 em Dezembro de 2008 e 41 500 no final do ano passado.



Com esta evolução, Portugal passou a fazer parte do ranking dos 23 países que a nível mundial têm uma taxa de penetração de fibra óptica igual ou superior a 1%, ficando em penúltimo lugar mundial nesta tabela, apenas acima da Bulgária.



A tabela é liderada pela Coreia do Sul, com uma taxa de penetração superior a 50%, isto é, mais de metade das famílias tem ligações em fibra óptica, seguindo-se o Japão com quase 35%, Hong Kong claramente acima dos 30% e Taiwan com 25% de taxa penetração FTTH/B (Fiber to the Home/ Building).



A Lituânia é o país europeu mais bem classificado no ranking mundial FTTH/B, com cerca de 18%, seguindo-se a Suécia e Noruega, ambas acima dos 10% de taxa de penetração.



Os Estados Unidos surgem em décimo lugar, com uma taxa de penetração de cerca de 10%.



O ranking mundial de FTTH/B (fibra óptica até casa ou até ao edifício) é elaborado em colaboração pelos Conselhos FTTH da Europa, Ásia/Pacífico e América do Norte (que tem como sub-conselho a América Latina, presidida por um brasileiro).



Portugal conseguiu no segundo semestre do ano passado 21.500 novos subscritores residenciais de fibra óptica), o que o coloca no sétimo lugar europeu a seguir à Rússia (176 mil novos subscritores), Lituânia, Suécia, França, Estónia e República Checa.



O número de casas passadas (com possibilidade de acesso a ligações em fibra óptica) aumentou em Portugal de 40 mil em Dezembro de 2007, para 200 mil em Dezembro de 2008, 320 mil em Junho do ano passado e 1,15 milhões no final de 2009, disponibilizados por Optimus, PT e Zon Multimedia.

Ainda sem comentários