Volume de negócios da SonyEricsson cresce 4,3% no segundo trimestre

Publicado em 16/07/2010 21:45 em Indústria

O volume de negócios da SonyEricsson cresceu 4,3% homólogos no segundo trimestre de 2010, para 1.757 milhões de euros, apesar de um recuo de 20,5% no número de telemóveis produzidos, que baixou para 11,0 milhões de unidades, anunciou a multinacional.

A SonyEricsson, uma joint venture participada em partes iguais pela multinacional japonesa de electrónica Sony e pela fabricante sueca de telecomunicações Ericsson, beneficiou de um aumento do preço médio dos terminais vendidos, de 122 euros no segundo trimestre de 2009 para 160 euros em igual período do ano em curso (mais 31,1%).

A Ásia, com um acréscimo de 17,3% da facturação, e o continente americano, com um aumento de 11,8%, compensaram a redução de 5,5% da facturação da SonyEricsson na Europa, Médio Oriente e África (região EMEA).

A multinacional sueco-nipónica fabricante de telemóveis apresentou lucros de 12 milhões de euros no segundo trimestre de 2010, que compara com prejuízos de 213 milhões de euros em igual período do ano passado.

No primeiro trimestre a companhia tinha já registado lucros de 21 milhões de euros.

Na apresentação de resultados, o presidente da companhia, Bert Nordberg, assinalou que os resultados do segundo trimestre mostram que a empresa manteve a evolução positiva do primeiro trimestre devido ao seu foco na criação de valor e ao êxito dos novos smartphones Xperia mini, que apresentam boas perspectivas de crescimento.

O presidente da companhia observou que, excluindo os encargos de reestruturação, decorrentes do programa de redução de custos iniciado em meados de 2008, os lucros seriam de 63 milhões de euros no segundo trimestre.

Ainda sem comentários