Conferência Mundial de Radiocomunicações aprova novo tratado

Publicado em 21/02/2012 00:06 em Geral

A Conferência Mundial de Radiocomunicações aprovou em Genebra um novo tratado sobre o governo do espectro radioeléctrico e órbitas de satélites, subscrito por 153 países participantes.

Estiveram presentes na conferência mais de 3 mil delegados em representação de 165 dos 193 Estados membros da União Internacional de Telecomunicações (UIT) e mais de 100 observadores de organizações do sector privado.

O presidente da Conferência, Tariq Al Awadhi, citado no comunicado final da reunião distribuído pela UIT, salientou que a conferência conseguiu resolver problemas muito complexos relacionados com as radiocomunicações e, depois de quatro semanas de negociações por vezes complicadas, conseguiu chegar a um consenso que determinará a maneira como comunicamos no futuro.

François Rancy, director da UIT, sublinhou que nas últimas quatro semanas delegados de todo o mundo esforçaram-se para construir o caminho do futuro das comunicações móveis.

«Revendo cuidadosamente os regulamentos das comunicações rádio, estabelecemos firmemente as fundações para as tecnologias de radiocomunicações que servirão os interesses dos utilizadores de todo o mundo», acrescentou.

A conferência tomou decisões sobre o espectro radioeléctrico para as comunicações móveis internacionais, sobre as frequências das redes de satélites, sobre aplicações de radiocomunicações para fins de observação meteorológica, sobre interferências de radares oceanográficos, sobre comunicações marítimas e aeronáuticas e sobre comunicações que garantem a segurança aérea.

Ainda sem comentários