Kaspersky alerta para aumento de ataques contra banca Internet a partir do Brasil

Publicado em 13/02/2012 01:02 em Segurança Informática

A empresa de segurança informática Kasperski alerta para um grande crescimento dos ataques contra os utilizadores de banca Internet dos grandes bancos portugueses, com origem no Brasil.

Estes ataques baseiam-se em «phishing» (tentativa de levar a que os utilizadores lhes forneçam os seus códigos de acesso pela chamada engenharia social) ou cavalos de Tróia, tentando levar os cibernautas a clicarem num link que permite a introdução de um software espião que reenvia para o atacante informação do computador infectado.

O elevado número de portugueses que utilizam banca electrónica (cerca de 2,2 milhões) terá despertado a cobiça de piratas informáticos brasileiros, que em 2010 produziram mais de um terço (cerca de 36%) de todos os cavalos de Tróia bancários que circularam no mundo.

Os ataques dos cybercriminosos chegaram também a Angola, onde existem muitos clientes Internet de grandes bancos portugueses, indica a Kaspersky.

Entre outras estratégias, os cibercriminosos enviam mensagens em nome da polícia portuguesa sobre alegados procedimentos de investigação, pedindo aos internautas que respondam clicando num link, ou pedidos de confirmação da conta também com um link que remete para uma imitação do sítio do banco.

O software espião instalado nos computadores permite roubar os códigos de acesso a bancos, redes sociais e outros.

A Kaspersky alerta para mensagens com palavras usadas no Brasil, como usuários, e aconselha a não clicar em links recebidos por mensagem electrónica, mesmo que enviados por pessoas conhecidas.

Ainda sem comentários