Volume de negócios da Ericsson cresceu 12%

Publicado em 26/01/2012 01:42 em Indústria

O volume de negócios da Ericsson, companhia sueca fabricante de soluções e equipamentos de telecomunicações, cresceu 12% em 2011, atingindo 226,9 mil milhões de coroas suecas (25,6 mil milhões de euros).

Em comunicado de resultados, a Ericsson revela que os seus lucros aumentaram também 12% no ano passado, para 12,6 mil milhões de coroas suecas (1,4 mil milhões de euros).

A companhia sueca indica que em termos comparáveis e corrigindo de flutuações cambiais, a facturação cresceu 19% no ano passado.

As vendas da Ericsson em 2011 aumentaram 47% na China e Nordeste asiático, 25% no Norte da Europa e Ásia Central, 23% na América Latina e 13% na Índia mas caíram 7% no Sudeste asiático e Oceania, 4% na Europa Ocidental e Central e 1% na América do Norte.

No ano passado, a facturação da área de redes cresceu 17% para 132,4 mil milhões de coroas suecas (14,9 mil milhões de euros) e a de serviços globais aumentou 5%, para 83,9 mil milhões de coroas suecas (9,5 mil milhões de euros).

As duas participadas da Ericsson apresentaram reduções do volume de negócios e prejuízos.

A fabricante de telemóveis SonyEricsson reduziu 17% a sua facturação, para 5 112 milhões de euros e apresentou prejuízos de 247 milhões de euros.

A 27 de Outubro foi anunciado que a Sony comprava a metade de capital da SonyEricsson detida pela Ericsson e passa em 2012 a deter a totalidadce do capital da fabricante de telemóveis.

A produtora de plataformas móveis e semi-condutores ST-Ericsson teve uma quebra de receitas de 28% no ano passado, para 1 650 milhões de dólares (1 259 milhões de euros) e prejuízos de 841 milhões de dólares (661 milhões de euros).

Ainda sem comentários