Piratas informáticos brasileiros oferecem formação em cibercrime

Publicado em 24/01/2012 00:28 em Segurança Informática

A empresa de segurança informática Kaspersky revelou que «hackers» brasileiros estão a publicitar acções de formação pagas para dotar potenciais cibercriminosos com os conhecimentos e capacidades técnicas para iniciarem uma carreira no mundo da pirataria informática.

A Kaspersky ironiza que «hackers brasileiros mostram perfil empreendedor e criam escola para formar novos cibercriminosos».

Em comunicado, a empresa russa de segurança informática indica que a formação oferecida pode ser dada online ou presencialmente.

Acrescenta que cada curso é apresentado de forma bastante profissional, semelhante à utilizada por empresas de formação legais.

São oferecidas acções de formação específicas para diferentes «especializações».

Ainda sem comentários