Facturação da Intel cresceu 24% em 2011

Publicado em 22/01/2012 19:54 em Empresas

A Intel anunciou que o seu volume de negócios cresceu 24% em 2011 e atingiu 54,0 mil milhões de dólares (41,9 mil milhões de euros).

Em comunicado de apresentação de resultados, a fabricante líder mundial de microprocessadores adianta que os seus lucros subiram 13%, para 12,9 mil milhões de dólares (10,0 mil milhões de euros), e os resultados operacionais aumentaram 12%, para 17,5 mil milhões de dólares (13,6 mil milhões de euros).

As receitas provenientes do grupo de clientes de PC representaram 35,4 mil milhões de dólares, um aumento de 17%, as de centros de dados 10,1 mil milhões de dólares, um acréscimo também de 17% e as de outras arquitecturas 5,0 mil milhões de dólares, em alta de 64%.

As receitas da empresa de segurança informática McAffe (recentemente adquirida) e das comunicações móveis da Intel contribuíram com 3,6 mil milhões de dólares para o volume de negócios.

Para o primeiro trimestre de 2012, a Intel espera uma facturação entre oa 12,3 mil milhões e os 13,3 mil milhões de dólares e despesas em investigação e desenvolvimento (I&D) mais aquisições de empresas de cerca de 4,4 mil milhões de dólares.

Para o conjunto do ano em curso, a Intel antecipa que a despesa em I&D se situará entre 12,1 mil milhões e 12,9 mil milhões de dólares.

Ainda sem comentários