Microsoft com receitas recorde no segundo trimestre fiscal

Publicado em 20/01/2012 00:12 em Empresas

A Microsoft anunciou um volume de negócios recorde no segundo trimestre fiscal, terminado a 31 de Dezembro de 2011, atingindo 20,89 mil milhões de dólares (16,11 mil milhões de euros), um acréscimo homólogo de 5%.

Em comunicado de resultados, a Microsoft adianta que os resultados operacionais ascenderam a 7,99 mil milhões de dólares (6,16 mil milhões de euros) e os lucros 6,62 mil milhões de dólares (5,10 mil milhões de euros).

«Conseguimos sólidos resultados financeiros mesmo estando a preparar um ano de lançamentos que vai acelerar muitos dos nossos produtos e serviços», sublinhou Steve Balmer, presidente executivo da Microsoft, citado no comunicado.

A Microsoft Business Division, atingiu receitas de 6,28 mil milhões de dólares (4,84 mil milhões de euros), um aumento de 7% face ao mesmo período do ano anterior e a companhia vendeu quase 200 milhões de licenças da suite de produtividade Microsoft Office, revelou a mulkiunacional.

O administrador executivo financeiro (CFO), Peter Klein, citado no comunicado, sublinhou que a companhia registou uma forte procura dos seus produtos para empresas apesar da fragilidade do mercado de computadores pessoais e das incertezas económicas em zonas chave do planeta.

A Microsoft indicou que as vendas na quadra natalícia da consola de jogos Xbox e do seu acessório Kinect contribuiram para o bom comportamento das vendas da companhia.

Ainda sem comentários