Symantec confirma roubo de segmentos de código fonte

Publicado em 08/01/2012 23:49 em Segurança Informática

A companhia de segurança informática Symantec confirmou que «hackers» (piratas informáticos) lhe roubaram partes de códigos de programação de dois produtos de antivírus para empresas, segundo o jornal New York Times.

Cris Paden, porta-voz da Symantec, citado pelo diário norte-americano, confirmou que os produtos afectados foram o Symantec Endpoint Protection 11.0 e o Symantec Antivírus 10.2, desenvolvidos há quatro e cinco anos, respectivamente. O segundo destes produtos já não é vendido mas a Symantec continua a dar-lhe assistência.

Cris Paden sublinhou que o produto bandeira da empresa, a marca Norton para o mercado de consumo, não foi afectado.

O porta-voz da companhia disse ainda não ter indicações de que o roubo do código tenha impacto sobre a funcionalidade ou segurança das soluções Symantec, garantindo que a empresa está a trabalhar no desenvolvimento de soluções que assegurem uma protecção de longo prazo aos seus clientes.

Um grupo de piratas informáticos que se auto-denomina «Lords of Dharmaraja» reivindica ter ter descoberto um código fonte da Symantec num ataque contra os servidores dos serviços de informações militares da Índia, adiantando que identificaram naquele servidor códigos fonte de uma dúzia de companhias de software.

Ainda sem comentários