Mais de dois em cinco portugueses de 16 a 74 anos nunca acederam à Internet

Publicado em 15/12/2011 01:39 em Internet

Mais de dois em cada cinco (41%) portugueses com idades entre 16 e 74 anos nunca acederam à Internet, segundo dados de 2011 do Departamento de Estatísticas das Comunidades Europeias (Eurostat).

O indicador português apresenta um valor claramente inferior à média da União Europeia (24%) e coloca Portugal muito abaixo na tabela dos 27 Estados membros, em 24.º lugar, apenas acima da Roménia (54%), Bulgária (46%) e Grécia (45%) e a par com Chipre.

Só um em cada 20 suecos entre 16 e 74 anos, nunca navegou na Internet e a percentagem dos que nunca tiveram essa experiência não vai além dos 7% na Dinamarca e Holanda, 8% no Luxemburgo, 9% na Finlândia e 11% no Reino Unido.

Os dados do Eurostat relativos ao ano em curso indicam que 58% das famílias portuguesas têm acesso à Internet, bem abaixo dos 73% de média europeia, o que coloca Portugal em 23.º lugar entre os 27, apenas à frente da Bulgária, Roménia, Grécia e Chipre.

A Holanda tem 94% das famílias com ligação à Internet, seguindo-se a Suécia e Luxemburgo (91%) e a Dinamarca (90%).

No entanto, quase todas as famílias nacionais que têm Internet utilizam banda larga (57% do total de agregados), o que coloca Portugal um pouco menos distante da média europeia 68%, e lhe dá um também pouco honroso 21.º lugar entre os 27, a par com a Lituânia e à frente apenas da Roménia (31%), Bulgária (40%), Itália (52%), Eslováquia (55%) e Chipre (56%).

Com mais de quatro em cada cinco famílias com ligações Internet de banda larga surgem a Suécia (86%), a Dinamarca (84%), a Holanda e o Reino Unido (83%) e a Finlândia (81%).

O Eurostat indica que em 2011 cerca de 58% dos Internautas encomendou bens e/ou serviços por Internet, com destaque para os 82% no Reino Unido, 77% na Dinamarca e Alemanha e 75% na Suécia. O documento não apresenta dados para Portugal neste indicador.

Ainda sem comentários