Toshiba cresce nos portáteis no mercado de retalho

Publicado em 16/11/2011 23:07 em Equipamentos

A Toshiba está a crescer em Portugal na área dos portáveis vendidos no retalho e a ganhar quota de mercado em número de unidades, afirmou ao Falar de Tecnologia o Director de Marketing da marca, Jorge Borges.

Indicou que a quota da marca no mercado de retalho de computadores portáteis se situa acima dos 20%

Jorge Borges sublinhou, no entanto, que devido ao fim do programa de fornecimento de portáteis para as escolas, as vendas totais de portáteis da marca diminuíram.

O responsável da Toshiba estimou que, apesar da conjuntura económica, as vendas de media tablet PC registam um forte crescimento no mercado português e as vendas de televisões e portáteis (descontando o efeito das alterações do programa de portáteis para escolas) se mantiveram aproximadamente ao nível do ano passado nos primeiros trimestres de 2011 em número de unidades.

Acrescentou, contudo, que em facturação houve uma quebra devido a reduções acentuadas nos preços dos computadores portáteis.

Relativamente ao mercado de televisões, onde a Toshiba está presente em Portugal há cerca de dois anos, Jorge Borges afirma que a marca se aproximou dos 5% de quota de mercado e mantém o objectivo de alcançar aquela marca de 5%.

O director de marketing em Portugal da companhia japonesa salientou que a Toshiba está a apostar nos media tablet PC baseados na plataforma Android (da Google), mas admite que quando chegar o Windows 8 a marca vai apresentar tablets com o próximo sistema operativo da Microsoft.

Jorge Borges não espera que os tablet substituam os portáteis, observando que pelo preço que custa um tablet se encontram computadores portáteis com boa performance e que a compra de tablet PC tem motivações diferentes da compra de portáteis.

Jorge Borges considera que 2012 via ser um ano de «contraciclo» e com muitas mudanças nos mercados de tecnologias.

Ainda sem comentários