HP apresenta novidades e lança tablet PC profissional

Publicado em 11/11/2011 01:20 em Equipamentos

A HP apresentou hoje novos modelos de dispositivos informáticos, incluindo o novo tablet PC profissional com o sistema operativo Windows 7, o HP Slate 2, que deverá estar disponível em Dezembro com um preço de 669 euros.

Numa apresentação à imprensa, o responsável de produtos de consumo, Carlos Cunha, indicou que não há ainda uma linha de orientação nem uma data para reentrada nos media tablet PC para o segmento de consumo.

Reconheceu que os tablet são uma área de forte crescimento e uma lacuna na carteira de produtos da HP, depois do abandono da produção dos HP Touch Pad em meados de 2011.

Alexandre Silveira, Director de Marketing do Grupo de Sistemas Pessoais (PSG) da HP em Portugal salientou que 2011 teve a envolvente económica que é conhecida em Portugal e foi para a multinacional um «ano tumultuoso» no sentido em que houve muitas alterações internas e a companhia está actualmente «num período de consolidação».

Silveira indicou que a visão da HP é a de que a informação deverá estar no futuro disponível de forma universal, de forma fácil, barata e intuitiva para os utilizadores, como hoje acontece com a energia eléctrica, em que só se repara quando ela falta.

Anunciou que Manuel Correia, na HP desde 2004, vindo da IBM para onde entrara em 1995, é o novo director-geral do PSG em Portugal.

Manuel Correia precisou que a empresa em Portugal traduzir para o nível local a estratégia internacional da HP e recordou que a HP é líder mundial na área de sistemas informáticos pessoais e pretende manter essa posição em todas as áreas do grupo.

Os responsáveis da HP assinalaram que na área dos computadores de secretária, que está em retracção perante o predomínio dos portáteis, a empresa está a apostar no conceito de All-in-One, com computador integrado com o ecrã, que permite que apenas haja um cabo de alimentação, além das ligações ao teclado e rato.

Pedro Coelho, responsável da HP para a área profissional, indicou que o tablet HP Slate 2 vem com Windows 7 professional, ecrã de 8,9 polegadas sensível ao toque, resistência à queda e que suporta comunicações móveis de terceira geração.

Anunciou que a HP está a dar três anos de garantia para os novos desktop (computadores de secretária) All-in-One para a área empresarial, o HP Compaq 8200 Elite e o HP Touch Smart Elite 7320, um «All-in-One» com ecrã sensível ao toque.

Entre os lançamentos hoje anunciados, destaque para o lançamento de uma estação de trabalho (workstation) portátil, com processadores Intel topo de gama, ecrãs de 15,6 ou 17 polegadas, placa gráfica exigente, memória RAM até 8 gigabytes (Gb), expansível a 32 Gb, disco rígido até 750 Gb e tecnologia «dream color».

Pedro Coelho apresentou ainda novo monitor de 22 polegadas para a área empresarial, com câmara Web integrada, e de novos portáteis profissionais, das séries Elite Book (com garantia de 3 anos e resistente ao choque) e Probook (mais fino e leve e com comunicações móveis de terceira geração como opcional).

Em relação ao segmento de consumo, Carlos Cunha apresentou dois novos modelos de computador de secretária com torre e ecrã à parte, ambos com processador Intel i7 de última geração e 8 Gb de memória RAM para aplicações exigentes.

Nos portáteis para consumo, anunciou três novos modelos, incluindo um Dv6 com processador Intel i7, 6 Gb de memória RAM e 750 Gb de disco rígido.

Carlos Cunha salientou que o mercado de consumo em Portugal, onde a HP é número um e quer manter a liderança, é muito fragmentado e tem muitos actores a tentar ganhar quota de mercado.

Indicou que a HP, não apresentará ultrabooks (computadores muito finos e leves, com grande autonomia mas com processadores Intel avançados e de elevada performance) para este Natal, embora tenha já uma máquina desenvolvida mas que apenas estará no mercado no próximo ano.

Ainda sem comentários