Vendas de PC com crescimento modesto em 2011 e recuperação até 2015

Publicado em 27/09/2011 02:16 em Equipamentos

As vendas de PC cresceram 2,9% no segundo trimestre e não deverão ir além dos 2,8% no conjunto do ano em curso, prevê a consultora e analista de mercado IDC, que reviu em baixa a anterior previsão de 4,2%.

Os principais factores desta desaceleração das vendas de computadores são a conjuntura económica, a saturação nos mercados maduros e o aumento de vendas de dispositivos concorrentes, como os media tablet, que contribuirão para novo enfraquecimento na segunda metade do ano.

A IDC reviu em ligeira baixa a previsão de crescimento das vendas de PC em 2012, de 10,2% para 9,3%, mas prevê aumentos da ordem dos 11% entre 2013 e 2015.

Nos mercados maduros, a IDC espera que as vendas de PC diminuam 7,2% em 2011, para 154,7 milhões de unidades, e recuperem até atingir 193,5 milhões em 2015, exclusivamente devido aos portáteis, já que nos computadores de secretária se manterá uma tendência de queda.

Os mercados emergentes explicam o ligeiro aumento de vendas mundiais no ano em curso, com um crescimento de 12,1%, para 202,2 milhões de computadores, e deverão continuar a crescer fortemente, chegando a 2015 com vendas de 341,8 milhões de unidades.

O mercado mundial deverá aumentar de 347,1 milhões de computadores vendidos no ano passado para 356,9 milhões este ano e, segundo a IDC, vender em 2015 mais de 535 milhões de PC, graças ao dinamismo dos mercados emergentes, que manterão crescimentos a dois dígitos ao longo de todo o período 2010/2015.

Ainda sem comentários